Notícias

Registro de Imóveis da 1ª Zona de Porto Alegre Comemora 150 anos com o PQTA Diamante

O Registro de Imóveis da 1ª Zona de Porto Alegre, o mais antigo da capital gaúcha, começou a participar do Prêmio de Qualidade Total – PQTA – no ano de 2014, quando obteve o destaque com o prêmio na Categoria Ouro. Já em 2015 conquistou o cobiçado prêmio da Categoria Diamante.

A premiação nacional coroou as comemorações dos 150 anos de instalação da unidade, também reconhecida com a Medalha da 53ª Legislatura da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul e homenagens da Câmara Municipal de Porto Alegre pela qualidade dos serviços prestados à população. No mesmo ano, a unidade recebeu a certificação de concordância com a NBR 15.906:2010 pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, renovada recentemente com a auditoria de manutenção realizada em julho de 2016.

Para João Pedro Lamana Paiva, Oficial do 1º Registro de Imóveis de Porto Alegre, “o Prêmio de Qualidade Total Anoreg é a grande premiação do segmento notarial e registral brasileiro”, destaca. “Ser reconhecido através da outorga do nosso “Oscar” da qualidade, constitui um diferencial na imagem da organização, não somente por sua repercussão em relação ao público em geral, mas também entre os serviços congêneres”, destaca. “É uma oportunidade única a cada ano de nos reunirmos para celebrar as constantes e crescentes conquistas do setor no que diz respeito à qualidade dos serviços notariais e registrais, além de podermos mensurar se estamos sintonizados àquilo que está sendo realizado no contexto de nosso setor de atividade”, diz Paiva.

Nos últimos anos duplicou o número de inscritos e consequentemente a quantidade de cartórios reconhecidos pela qualidade no atendimento. Para Lama Paiva, “sem qualquer dúvida, precisamos investir na busca da excelência dos serviços em nosso segmento de atuação, já que, na nossa visão, esse é um fator estratégico para o futuro dos serviços notariais e registrais no País. O prêmio constitui um incentivo às organizações de notas e registros públicos na consolidação desse objetivo estratégico”, explicou.

A sinalização, pelas auditorias, de perfeita conformidade com os critérios estabelecidos pela norma que disciplina a gestão das organizações do segmento, serve como um orientador seguro de que os cartórios estão no caminho certo ou de que precisam fazer correções de rumo. Como o prêmio toma como referência a NBR 15.906:2010, significando uma avaliação dos inúmeros critérios nela estabelecidos para a gestão de serviços notariais e registrais, a serventia obteve melhorias em todo esse conjunto de critérios avaliados pelas auditorias do PQTA.

“Apesar de estarmos convictos de que a imagem da organização resulta de um conjunto de valores percebidos ampla e subjetivamente pelas pessoas e organizações que atendemos, podemos destacar que, dentre nossos valores ou princípios institucionais, definidos no planejamento estratégico, estabelecemos que a “inovação em tecnologias e procedimentos” deva ser um dos principais diferenciais da organização e, para nossa satisfação, essa é uma das marcas que se vem consolidando em relação à nossa imagem, na avaliação realizada junto aos diversos segmentos de nosso público usuário, o que tributamos à existência de serviços inovadores tais como “Matrículas On-line”, “Autoatendimento” e “Monitoramento de Matrículas”, compartilhou o oficial.


O cartório de Registro de Imóveis da 1º Zona de Porto Alegre se inscreveu novamente este ano com o objetivo de seguir aprimorando a gestão dos processos, buscando sempre a excelência na prestação de serviços, sendo esta uma ótima oportunidade para compartilhar e trocar experiências com colegas de todo o País que participam dessa importante premiação. “O PQTA, hoje, significa uma constante caminhada em busca da melhoria contínua dos serviços prestados”, disse o registrador.

“Como disse, a entrega do PQTA é um momento de grande celebração do qual participam muitas organizações do nosso segmento de atuação, que ocorre anualmente por ocasião da realização de um dos maiores eventos da área em todo o País, que é o Congresso Brasileiro de Direito Notarial e de Registro e é sempre uma grande satisfação ver os colegas e seus colaboradores compartilhando a um só tempo da indescritível emoção de que seu trabalho está sendo reconhecido, motivando a todos no sentido de que persistam nessa grande realização que é o PQTA, finalizou.

Confira outras reportagens sobre o PQTA

22.08 – Tabelionato de Notas e Protesto de Içara atinge 100% dos critérios estabelecidos em 2015

18.08 – Cartórios do Mato Grosso avançam na premiação nacional do PQTA

10.08 – Santa Catarina: um Estado com qualidade reconhecida no serviço extrajudicial

08.08 – 1º Ofício de Registro de imóveis de Criciúma (SC)

03.08 – 15º Ofício de Notas do Rio de Janeiro (RJ)

27.07 – Tabelionato de Notas e Protesto de São José (SC)

01.08 – 2º Registro de Imóveis de Montes Claros (MG)

21.06 – ANOREG/BR abre inscrições para a 12º edição do Prêmio de Qualidade Total ANOREG – PQTA 2016

Sobre o Prêmio de Qualidade (PQTA)

O Prêmio de Qualidade (PQTA) concedido pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-BR), tem o objetivo de auditar e premiar os cartórios que atendem à requisitos de qualidade e excelência na prestação dos serviços extrajudiciais.

Instituído em 2005, o PQTA já é considerado referência em avalição na prestação de serviços ao usuário e tem mostrado grande aderência por parte das unidades cartorárias. Somente em 2015 foram auditados 111 cartórios em todo o País. Nas quatro últimas edições o número de inscritos duplicou, aumentando também o número de cartórios que receberam a premiação máxima.

Pelo quinto ano consecutivo, a APCER Brasil, empresa do Grupo APCER (Associação Portuguesa de Certificação), organismo referência no setor de certificação europeu, fará a auditoria dos prêmios. A empresa possui grande rede de auditores espalhados pelo território nacional, que significa baixos custos de deslocamento. Cartórios de diferentes tamanhos e especialidades podem participar da premiação, tendo em vista que o processo de auditoria leva em consideração as várias naturezas cartorárias, como também a localização da serventia.

Fonte: ANOREG