Notícias

João Pedro Lamana Paiva é Eleito Presidente do Colégio Registral do RS

image007

Por aclamação e com chapa única, entidade elege 1º registrador imobiliário de Porto Alegre para conduzir os desafios do Colégio Registral para o próximo biênio.

Confira o álbum completo do evento, clique aqui.

Porto Alegre (RS) – Tomou posse nesta sexta-feira (24.11), em noite repleta de homenagens e presenças ilustres, o novo presidente do Colégio Registral do Rio Grande do Sul. Aos 69 anos, João Pedro Lamana Paiva, 1º registrador imobiliário de Porto Alegre, e ex-presidente do Instituto de Registro de Imobiliário do Brasil (IRIB), foi eleito por aclamação presidente da entidade para o biênio 2017-2019.

Em cerimônia realizada na sede da entidade, a Casa do Registrador Gaúcho, e que contou com autoridades do Poder Executivo, do Legislativo e do Judiciário. O novo presidente ouviu o veredicto da apuração da contagem dos votos e recebeu, do agora ex-presidente da entidade a bastão para dirigir os destinos dos registradores do Rio Grande do Sul no novo mandato.

Logo em suas primeiras palavras deixou claro qual será sua principal meta para os próximos anos. Citando importantes projetos que despontaram para o Brasil a partir do Rio Grande do Sul – como o More Legal, Gleba Legal, Concentração de Atos na Matrícula e Usucapião Extrajudicial – Lamana pontou seu foco de atuação. “Atuaremos para que a parceria entre registradores e a Corregedoria Geral da Justiça volte a estar fortalecida e possa continuar gerando novidades positivas para a sociedade que utiliza os serviços de notários e registradores do Rio Grande do Sul”.

Ao citar os principais desafios de sua gestão, o novo presidente focou na criação da Central de Registro de Imóveis do Rio Grande do Sul. “Muitas são as metas traçadas em nosso Plano de Trabalho, mas destacamos como prioritárias a autorização para o funcionamento da Central do Registro de Imóveis (CRI-RS) junto ao Tribunal de Justiça, e a definição de nosso planejamento estratégico de marketing e de comunicação social, pois apresentam a potencialidade de transformar profundamente nossa realidade”, disse.

Presente ao evento, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, destacou o histórico de trabalho do novo presidente. “Conhecemos todos o grande potencial de trabalho que o João Pedro Lamana Paiva é capaz de impor a seus trabalhos, tanto intelectuais como institucionais e acreditamos que o sistema registral do Rio Grande do Sul se fortalece ainda mais com esta nova gestão que se inicia”, afirmou.

Ao falar sobre o processo de construção de um novo modelo de registro imobiliário eletrônico, Lamana Paiva recordou os desafios que os registradores superaram ao longo da história, passando pelo registro manuscrito, datilografado, digitado e impresso, para agora chegar em uma disrupção do sistema. “Avaliamos que não será fácil chegar ao patamar de operações do registro eletrônico, pois precisamos promover uma revolução cultural em nosso meio, revisando conceitos e mobilizando ações concretas, pontuou.

Para o novo presidente “o cenário imediato exige investimentos em equipamentos, reestruturação de serviços e capacitação, mas requer, sobretudo, a integração de sistemas de informação e a universalização massificada de serviços prestados à distância”, frisou. Superar estes desafios fará com que a atividade mantenha suas qualidades de prestação de um serviço eficaz, sem ônus algum ao Estado, adotado por inúmeros países que utilizam o modelo do direito latino.

“Conheço o Lamana há muito anos e sei do seu perfil empreendedor e de sua capacidade intelectual e de execução ímpar”, disse o desembargador aposentado Décio Erpen, ex-corregedor geral da Justiça do Rio Grande do Sul. Representando o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, o desembargador Paulo Roberto Lessa Franz, 3ª vice-presidente do órgão acredita em uma ampla parceria entre as duas entidades. “É fundamental que trabalhemos unidos, notários, registradores e Poder Judiciário, pois disso depende uma boa prestação de serviços a toda da comunidade de nosso Estado”, disse.

Outro ponto destacado pelo novo presidente, é postular, âmbito nacional, o alcance de normativa que crie uma entidade nacional Notarial e Registral (Conselho Federal dos Notários e Registradores) de representação e de fiscalização (a exemplo do que está estabelecido na Espanha através do Colégio de Registradores e do Colégio de Notários da Espanha), “visando alcançar maior independência e autonomia e, por via de consequência, a segurança jurídica esperada para o desempenhar das atividades”, disse.

Ao concluir seu discurso de posse, o novo presidente destacou o trabalho conjunto, que deu origem ao nome de sua chapa, intitulada “Integração!” para que a gestão atinja as metas previstas em seu Plano de Trabalho. ”Nesses tempos desafiadores que estamos vivendo precisamos de apoio mútuo, precisamos fortalecer os laços de convivência e reencontrar a inteireza de nossa própria humanidade, para que possamos construir relações sólidas e duradouras entre pessoas e instituições”.

Homenagens

A posse do novo presidente do Colégio Registral do Rio Grande do Sul, entidade fundada em 1980, que teve como seu primeiro presidente Oly Érico da Costa Fachin, e que representa os registradores de três especialidades extrajudiciais: Registro Civil, Registro de Imóveis e Registro de Títulos e Documentos e Pessoa Jurídica, foi precedida de uma emocionante homenagem da entidade a seus sócios fundadores.

Um a um, o presidente eleito, João Pedro Lamana Paiva, e o agora ex-presidente, Paulo Ricardo Ávila, chamaram ao palco os membros que fundaram a entidade. O passar do tempo e as dificuldades impostas em razão da idade não foram empecilhos para que muitos fizessem questão de comparecer e receber sua homenagem. Outros estiveram representados por seus filhos ou netos. Ao final, uma homenagem especial à secretária Aurora Ferreira, por seus 25 anos de dedicação à entidade.

Pós cerimônia, todos os participantes desfrutaram de um elegante coquetel servido nas dependências da Casa do Registrador Gaúcho, o auge de uma noite memorável para os registradores do Rio Grande do Sul.

CONHEÇA OS MEMBROS DA NOVA DIRETORIA DO COLÉGIO REGISTRAL DO RS

Presidente: João Pedro Lamana Paiva – 1° Registro de Imóveis de Porto Alegre
Vice-Presidente: Cláudio Nunes Grecco – Registros Públicos de Bom Retiro do Sul
Secretária: Lizete Faller – Registro Civil/Anexos de Osório
Tesoureiro: Edison Ferreira Espindola – Registro de Imóveis e Especiais de Não-me-Toque
Diretor de Eventos: Newton Cláudio Cheron – Registro de Imóveis de Rosário do Sul
Diretor de Ensino e de Informática: Paulo Ricardo de Ávila – Registros Públicos de Teutônia
Assessor da Presidência: Julio Cesar Weschenfelder – Registros Públicos de Vera Cruz
Assessor da Presidência: Persio Brinckmann Filho – 1° Registro de Títulos e Documentos e PJ de Porto Alegre
Assessor da Presidência: Mario Pazutti Mezzari – 1° Registro de Imóveis de Pelotas
Assessor da Presidência: Edison Carlos Ferreira – Registro Especial/Protesto de Nova Prata

CONSELHO DIRETIVO

Conselho Diretivo: Oly Érico da Costa Fachin – 4° Registro de Imóveis de Porto Alegre
Conselho Diretivo: Adriano Damásio – Tabelião de Notas e Protestos de Ivoti
Conselho Diretivo: Paulo Heinrich – Registro de Imóveis de Santa Cruz do Sul
Conselho Diretivo: Valter Luís Cervo – 2° Registro de Títulos e Documentos de Porto Alegre
Conselho Diretivo: Nino José Canani – 2° Registro Civil de Pessoas Naturais de Porto Alegre

CONSELHO DE ÉTICA

Conselho de Ética: Acir José Wide – Registros Públicos de Sapiranga
Conselho de Ética: Marco Antonio Uberti Gonçalves – Registros Públicos de Antônio Prado

Fonte: Assessoria de Imprensa do Colégio Registral do RS