Notícias

Colégio Registral do RS Completa 38 anos de Atuação nesta Quarta-feira (14.11)

Fundado durante Assembleia Geral realizada em 14 de novembro de 1980, no Teatro do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (Ipê/RS), em Porto Alegre, o Colégio Registral do Rio Grande do Sul completa, nesta quarta-feira (14.11), 38 anos de atuação em prol da classe registral do Estado. Sendo a primeira entidade representativa dos serviços registrais do RS, o Colégio Registral do RS tem por objetivo principal defender e preservar a atividade da classe.

Atualmente presidido pelo registrador de imóveis da 1ª Zona de Porto Alegre, João Pedro Lamana Paiva, o Colégio Registral do RS teve como primeiro presidente o registrador Oly Érico da Costa Fachin (de 1981 a 1983 e novamente de 1998 a 2001), que foi homenageado este ano pelos serviços prestados aos registradores gaúchos (leia mais). Também foram presidentes da entidade: Carlos Fernando Westphalen (de 1984 a 1997), João César (de 2002 a 2003), Adão Freitas Fonseca (de 2004 a 2005 e de 2008 a 2009), Júlio Cesar Weschenfelder (de 2012 a 2013), Mario Pazutti Mezzari (de 2010 a 2011 e de 2013 a 2015) e Paulo Ricardo de Ávila (de 2015 a 2017).

Para o presidente do Colégio Registral do RS, João Pedro Lamana Paiva, “a grande importância dos serviços prestados pelos registradores é fundamentalmente pensando nos usuários dos registros e tabelionatos voltados aos brasileiros. Como se sabe, atualmente o País possui mais de 13.600 serviços notariais e registrais distribuídos nos 5.570 municípios, o que mostra o perfeito funcionamento das atividades, em virtude da capilaridade real, na ajuda da verdadeira e completa cidadania”.

História
A iniciativa de criar a entidade nasceu após a dispersão de registradores que, sem referencial associativo, procuravam resolver as complicações advindas da atividade a seu modo. Despertados pela necessidade de buscar a união da classe, os profissionais passaram a sair do isolamento em que se encontravam nos seus ofícios. A entidade é regida por um estatuto, disponível para consulta. Confira: Estatuto Social do Colégio Registral do Rio Grande do Sul.

Dentre alguns dos objetivos do Colégio Registral do RS estão:

- Defender legislações que preservem a atividade da classe, representando-a perante os Poderes constituídos;
- Promover estudos e seminários para o aperfeiçoamento dos serviços;
- Definir normas de ética profissional;
- Promover a publicação e divulgação de assuntos de interesse da classe;
- Assessorar agentes dos Poderes, quando solicitado, sobre assuntos da especialidade;
- Participar de encontros de interesse, buscando conhecimento e atualização para transmitir aos associados.

Localizada em Porto Alegre (Rua Coronel Genuíno, número 421, 3º andar, sala 302, no bairro Centro Histórico), a sede do Colégio Registral do RS é chamada de Casa do Registrador Gaúcho. O nome se dá pelo caráter associativo do espaço, que é dividido com outras entidades: a Associação de Notários e Registradores do Rio Grande do Sul (Anoreg/RS), a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (Arpen/RS), o Instituto de Registro de Títulos e Documentos e de Pessoas Jurídicas do Rio Grande do Sul (IRTDPJ/RS), o Instituto de Registro Imobiliário do Rio Grande do Sul (IRIRGS), o Sindicato dos Registradores Públicos do Estado do RS (Sindiregis), e a Fundação Escola Notarial e Registral do Rio Grande do Sul (Fundação Enore/RS).

Como se filiar?
Para se associar, basta preencher a ficha cadastral (clique aqui para acessar). Após o preenchimento da ficha de cadastro, a secretaria do Colégio Registral do RS entrará em contato para realizar a assinatura e, em seguida, você receberá seu usuário para consulta ao banco de dados.

Contato
Telefone: (51) 3226-2976 / E-mail: secretaria@colegioregistralrs.org.br.

Fonte: CR-RS – Assessoria de Imprensa

14/11/2018