Notícias

Convênio com Entidades de Registro Imobiliário Facilita a Venda de Imóveis Ociosos do Estado

Medida representa ganho de eficiência e redução de custos


Será possível acessar on-line serviços de solicitação de certidões de forma gratuita, protocolo de documentos e outras consultas – Foto: Divulgação / Irirgs

As pesquisas dos registros imobiliários que integram o patrimônio do Estado serão mais rápidas e sem burocracia. Através do termo de cooperação que a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) celebrou com o Instituto de Registro Imobiliário do RS (Irirgs) e o Colégio Registral do RS, será possível acessar on-line serviços de solicitação de certidões de maneira gratuita, protocolo de documentos e outras consultas.

“Além de ganharmos em agilidade nessas tarefas necessárias à organização dos imóveis do Estado, a medida representa um ganho de eficiência e redução de custos”, destacou a secretária Leany Lemos.

A assinatura de cooperação que permitirá que a Subsecretaria de Patrimônio do Estado utilize a plataforma eletrônica da Central dos Registradores de Imóveis do RS (CRI-RS) foi na quarta-feira (19/6) e contou com as presenças dos presidentes do Colégio Registral, João Pedro Lamana Paiva, e do Irirgs, Cláudio Nunes Grecco.

A secretária Leany disse que uma das diretrizes do governo é buscar a desburocratização e esse trabalho ganha um bom impacto para a sociedade. Pelo levantamento mais recente, o Estado é proprietário de cerca de 8.800 imóveis com as matrículas já regularizadas. Desse universo, 25% está sem utilização definida, inclusive em outros Estados.

O acesso aos serviços da CRI-RS permitirá mais agilidade na venda ou permuta desses ativos. A subsecretária do Patrimônio, Vânia Gonçalves, salientou que foi realizado um curso para os servidores com o objetivo de qualificar os profissionais nos serviços registrais, principalmente com relação ao patrimônio ativo do Estado. Participaram ainda da assinatura o diretor do Departamento de Patrimônio do Estado (Deape), Vinícius Ioppi, e a chefe de Escrituração e Contratos, Daniela Beling.

Texto: Ascom Seplag
Edição: Secom

Fonte: Site Governo RS