Notícias

2ª edição do Curso de Instrução aos Novos Delegatários Recebe Presidentes das Entidades de Classe Notariais e Registrais

A Fundação Escola Notarial e Registral do Rio Grande do Sul (Fundação Enore) e a Escola Extrajud estão promovendo, nesta quinta-feira (08.08) e sexta-feira (09.08), a 2ª edição do Curso de Instrução aos Novos Delegatários de Serventias Notariais e Registrais do Rio Grande do Sul. A abertura da atividade recebeu presidentes e representantes de entidades gaúchas do segmento extrajudicial, além da juíza-corregedora da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado (CGJ-RS), Vanise Rohrig Monte. Cerca de 20 alunos participam da qualificação.

A juíza-corregedora, dando as boas-vindas aos novos delegatários, disse que a atual gestão da CGJ-RS, presidida pela desembargadora Denise Oliveira Cezar, concentra-se em estabelecer parcerias.

“Há parcerias que ainda precisam ser feitas e contamos com vocês para que tragam sugestões, ideias, quais são as dúvidas, para que a gente possa cada vez mais melhorar esse serviço. A CGJ-RS está de portas abertas a todos. Hoje, em tempos de uma certa centralização, às vezes em função do Conselho Nacional de Justiça, que está sempre colocando metas, Provimentos e, às vezes, dando prazos apertados para o cumprimento, essas parcerias, esse trabalho em equipe é fundamental. É impossível conseguirmos alguma eficácia, alguma efetividade, sozinhos”, discursou.

O presidente do Colégio Registral do Rio Grande do Sul, João Pedro Lamana Paiva, representando também a Associação dos Notários e Registradores do Rio Grande do Sul (Anoreg/RS), agradeceu o apoio da CGJ-RS pela forma como tratam as atividades extrajudiciais e comentou sobre a atuação das entidades.

“Todos que estão aqui no curso buscam fazer o melhor, não para as entidades, mas sim para os usuários do sistema e que, como consequência, repercute nas atividades notarial e registral. Investimos nos associados e nos colegas que irão desempenhar as suas funções; procuramos protege-los de todos os aspectos”, relatou. Lamana Paiva ainda falou sobre a instalação da Frente Parlamentar da Justiça Notarial e Registral do RS que, depois da Frente Nacional, é a primeira estadual do tipo a ser criada.

A seguir, presidentes e representantes de entidades apresentaram suas instituições, falando sobre a atuação, principais pleitos e formas de associação, dando boas-vindas aos participantes do curso.

Participaram da solenidade, o 1º secretário do Colégio Notarial do Brasil – Seção Rio Grande do Sul (CNB/RS), representando também o Sindicato dos Notários do Rio Grande do Sul (Sindinotars), Sérgio Ariel de Farias Raupp, o presidente da Fundação Enore, Ricardo Guimarães Kollet, o presidente do Sindicato dos Registradores Públicos do Estado do RS (Sindiregis), Calixto Wenzel, o presidente do Instituto de Estudos de Protestos do Rio Grande do Sul (Iepro/RS), Romário Mezzari, o diretor geral da Coopnore, Altamar Garcia, o conselheiro Fiscal da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (Arpen/RS), Thiago de Castro Brandão Vargas, a coordenadora da Central de Remessas de Arquivos – Protesto – CRA do Iepro/RS, Tânia Mezzari, e o coordenador da Central dos Registradores de Imóveis do Rio Grande do Sul (CRI-RS), Paulo Ricardo de Ávila.

No curso são abordados aspectos técnicos, práticos, administrativos e jurídicos aplicados à atividade notarial e registral, decorrentes da Consolidação Normativa Notarial e Registral (CNNR), Provimentos e Ofícios-Circulares, dentre outras normativas aplicadas à categoria. As aulas foram ministradas pelos assessores da Extrajud Cassiano Teló de Lima, Leo Gomes de Almeida e Tiago Machado Burtet, contando com palestras do presidente do Colégio Registral do Rio Grande do Sul e registrador de imóveis da 1ª Zona de Porto Alegre, João Pedro Lamana Paiva, também o presidente da Fundação Enore, Ricardo Guimarães Kollet.

Clique aqui e confira como foi a 1ª edição do curso.

Fonte: CR-RS Assessoria de Imprensa

09/08/2019